EDUCAÇÃO AMBIENTAL POR MEIO DAS TÉMATICAS: QUALIDADE E TRATAMENTO DA ÁGUA UTILIZANDO OS TRÊS MOMENTOS PEDAGÓGICOS

Michelly Moraes, Geilson Rodrigues Da Silva, Hygor Rodrigues De Oliveira, Edvanio Chagas

Resumen


A Educação Ambiental é constituinte de todos os níveis de ensino e deve ser articulada de modo a permear as disciplinas dos currículos escolares. Nesse sentido uma possibilidade para trabalhar este tipo de educação é por meio de questões que afetam o ambiente como, por exemplo, a poluição das águas. O presente trabalho consiste em analizar por meio de entrevista se os professores de química do Ensino Médio da cidade de Coxim-MS abordam a Educação Ambiental em suas aulas, além de identificar como são realizadas, também elaboramos um material que propõe debates que caracterizem uma Educação Ambiental crítica para a disciplina de Química. Por meio das percepções dos docentes foi possível evidenciar que as questões ambientais são discutidas como forma de contribuir para exemplificação dos conceitos químicos. Assim sendo, o trabalho apresenta uma proposta de ensino utilizando os três momentos pedagógicos utilizando debates sobre a qualidade da água consumida. Espera-se que o material elaborado auxilie os professores para preparação de aulas contextualizadas com as questões ambientais visto que identificamos na entrevista uma lacuna que existe dificuldade de encontrar material prático para abordar a temática da água.


Texto completo:

PDF (Português (Brasil))

Referencias


Brasil. Lei Federal nº 6.938 de agosto de 1981, Dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente, seus fins e mecanismos de formulação e aplicação, e dá outras providências. [S.l.].

Brasil. Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio (1999). Conselho Nacional de Educação. Brasília.

Brasil. Lei Federal n° 9.795, de 27 de abril de 1999, Dispõe sobre a educação ambiental, institui a Política Nacional de Educação Ambiental e dá outras providências. [S.l.].

Brasil. (2013). Diretrizes Curriculares Nacionais Gerais da Educação Básica. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão. Secretaria de Educação Profissionale Tecnológica. Conselho Nacional da Educação. Câmara Nacional de Educação Básica. Brasília, p. 562.

Carvalho, I. C. D. M (2011). Educação ambiental a formação do sujeito ecológico. São Paulo: Cortez.

Costa, R. P. Poluição da Água (2010). In: Telles, C. D. D. A.; Costa, R. P. Reúso da água: conceito, teorias e práticas. 2ª. ed. São Paulo: Blucher, Cap. 4, p. 35-40.

Delizoicov, D. Angotti, P. A. J. Pernambuco, M. M. C (2009). Abordagem de Temas em sala de aula. In: Ensino de ciências – fundamentos e métodos. São Paulo: Cortez.

Gil, A. C (2005). Métodos e Técnicas de Pesquisa em Educação Ambiental. In: JR., A. P.; Pelicioni, M. C. F. Educação Ambiental e Sustentabilidade. Barueri: Manole. p. 878.

Guimarães, M. (2004). Educação Ambiental Crítica. In: Layrargues, C. P. P. Identidades da Educação Ambiental Brasileira. Brasília: [s.n.], p. 156.

Henrique, A. F. Oliveira, H, R, Oliveira, J, F, de. Andrade, G, R. Avaliação da qualidade das águas subterrâneas em poços artesianos no município de Coxim-MS. Seminário de Iniciação Científica e Tecnológica. Coxim: [s.n.]. 2015. p. 1-9.

Leite, R. F. Rodrigues, M. A. (2011). Educação Ambiental: reflexões sobre a prática de um grupo de professores de química. Ciência & Educação, v. 17, p. 145-161.

Oliveira, H. D. Oliveira, F, D, A, de. Sano, E, E, Adámoli, A (1998). Caracterização do meio físico da Bacia Hidrográfica do Alto Taquari utilizando o sistema de informações geográficas SGI/INPE. EMBRAPA- CPAO. Dourados, p. 28.

Pádua, V. L. D (2010). Introdução ao tratamento de água. In: Heller, L.; Pádua, V. L. D. Abastecimento de água para consumo humano. 2ª. ed. Belo Horizonte: UFMG, v. 2, Cap. 12.

PIRES, C. Ribeirinhos voltam a denunciar crime ambiental no rio Taquari. Diário do Estado, Coxim, 25 agosto 2015. Disponível em: . Acesso em: 23 janeiro 2016.

Sato, M (2001). Debatendo os desafios da educação ambiental. I Congresso de Educação Ambiental Pró Mar de Dentro. Rio Grande: FURG & Pró Mar de Dentro, p. 14-35.

Sauvé, L. (2005). Uma cartografia das correntes em educação ambiental. In: Sato, M.; Carvalho, I. Educação Ambiental: pesquisa e desafios. Porto Alegre: Artmed.

Torralbo, D. Marcondes, M. E. R. A. (2009). A “água” como tema ambiental no ensino de química: o que pensam os pesquisadores. Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, v. 22, p. 146-167.


Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.


Copyright (c) 2020 Michelly Moraes, Geilson Rodrigues Da Silva, Hygor Rodrigues De Oliveira, Edvanio Chagas

Licencia Creative Commons
Este trabajo está licenciado bajo una Licencia Internacional Creative Commons 4.0 Atribución .

INDEXACIÓN

La Revista Electrónica Formación y Calidad Educativa (REFCalE) se encuentra indizada o referenciada en las siguientes bases de datos internacionales:


 


Publicación bajo licencia

Open Archives Initiative

Índice Compuesto de Difusión Secundaria(ICDS)=3.6/10.0

Procedencia geográfica de nuestros lectores

Map

 

CREADOR DE LA REVISTA FORMACIÓN Y CALIDAD EDUCATIVA: Rafael Tejeda Díaz, PhD.